" /> O que é manutenção preditiva? Clique e acesse este guia completo!

Você sabe o que é manutenção preditiva?

Antes de falarmos a respeito deste assunto, é importante compreender que este tipo de manutenção não é tão fácil de ser implantado como você pensa.

Mas não se preocupe! Nós te ajudaremos!

Um dos maiores obstáculos para a aplicação deste tipo de manutenção em uma operação industrial é porque ela é um pouco difícil de ser aceita pelos gestores, que normalmente preferem ter custos mais elevados e aplicar manutenções corretivas em suas máquinas.

Essa difícil aceitação ocorre por três motivos, veja abaixo:

  • Medo do desconhecido;
  • Falta de entendimento sobre o processo;
  • Custos de manutenção envolvidos para a aplicação da manutenção.

Portanto é importante ter consciência que, vencendo todos esses três obstáculos, a sua operação certamente será mais eficiente e produtiva.

Neste artigo nós abordaremos quais são as vantagens deste tipo de manutenção, como ela pode ser aplicada, a sua importância para as indústrias e muito mais!

E aí? Vamos entender um pouco mais sobre a manutenção preditiva?

Imagem usada para o post sobre manutenção preditiva do blog da Acoplast - Descrição da imagem: Operador industrial fazendo uso de EPI's efetuando uma análise em uma máquina industrial, a cor predominante da imagem é azul, tanto da máquina, quanto dos EPI's do operador.

O que é manutenção preditiva?

É todo o monitoramento, acompanhamento e inspeção de máquinas e equipamentos. O seu objetivo é analisar quais são as reais condições de desempenho das peças e máquinas, verificando diferentes níveis de qualidade, como:

  • Índice de disponibilidade;
  • Eficiência produtiva;
  • Nível de vibração e temperatura;
  • Dentre outros.

É importante ter conhecimento que a manutenção preditiva deve ser vista como uma metodologia. Ou seja, ela deve fazer parte da cultura da empresa, com ações planejadas e contínuas.

Assim, a partir de um maior controle em relação à operação, feito por meio de monitoramentos contínuos e remotos, são coletadas informações e dados provenientes dos equipamentos que auxiliam o gestor a tomar decisões rápidas e de forma certeira, antecipando a possíveis desgastes de peças e a improdutividade operacional.

Todas as ações preditivas são feitas por meios de medições diretas e indiretas, além de interpretações de dados e informações. A partir disso é entendido com maior clareza quais são as necessidades da máquina.

Qual a importância da manutenção preditiva para a sua operação?

Ela é importante para as operações pois gera diversas vantagens e benefícios para a mesma, otimizando resultados produtivos e aumentando a disponibilidade dos equipamentos.

Veja abaixo algumas vantagens da aplicação da manutenção preditiva em uma indústria ou empresa:

Melhor eficiência global das máquinas

A partir de intervenções planejadas e com as análises dos dados e das informações que são coletadas a partir de sensores, as máquinas conseguem produzir mais e melhor, sem que haja falhas e desgastes durante todo o seu funcionamento.

Além disso ,quanto maior for a sua máquina, mais problemas você terá ao tentar detectar a causa da sua improdutividade, o que evidencia um pouco mais a importância da preditiva para as indústrias.

Redução de custos

Essa é uma outra boa vantagem que a manutenção preditiva fornece para pessoas que a utilizam.

Com ela, você otimiza a disponibilidade da sua operação, conforme já foi dito. Porém, isso faz com que as falhas funcionais e potenciais sejam raras em sua operação, fazendo com que a sua produção não seja interrompida.

Ou seja, com uma maior produtividade e com menos falhas, você reduz os seus custos e obtém melhores resultados produtivos.

É importante ressaltar em relação à redução de custos que tomar decisões prévias custam menos do que decisões corretivas, aumentam o grau de confiabilidade dos equipamentos e elevam o nível de segurança para os operários.

Maior tempo de vida útil

Equipamentos e máquinas que são envolvidos na manutenção preditiva possuem mais tempo de vida útil do que os outros.

Mas, por que isso ocorre?

Pois o gestor analisa previamente os componentes das máquinas, o que faz com que ele saiba o que está ou não está em pleno funcionamento.

Assim é possível evitar que falhas, superaquecimentos, fortes vibrações e atritos ocorram.

Maior índice de disponibilidade

Como a análise prévia das informações possibilita que os gestores antecipem a possíveis problemas relacionados à sua produção, o índice de disponibilidade das máquinas consequentemente melhora.

Para melhor entendimento, pense como os médicos: você tem uma doença e ela é descoberta logo em seu início. Logo, ela será mais fácil de ser tratada, certo?

É a mesma coisa com as máquinas! Com o acesso às informações sobre os desempenhos e condições operacionais de determinada peça, fica mais fácil identificar e solucionar o problema ou falha.

Como posso aplicar a manutenção preditiva em minha indústria?

A manutenção preditiva é aplicada a partir de ferramentas e aparelhos que possuem o objetivo de coletar dados referentes às máquinas, como:

  • Sensores para análise de vibrações e temperatura;
  • Ferrografia;
  • Termografia;
  • Dentre outros.

Assim, caso haja falhas em sua operação, tais informações coletadas anteriormente auxiliarão os gestores a atuarem de forma rápida e precisa na resolução dos problemas.

Veja abaixo de forma detalhada como funciona e quais as vantagens dos processos e técnicas mais importantes da manutenção preditiva:

Estudo de Vibrações

Quando sensores são aplicados e inseridos em máquinas presentes dentro de uma operação, eles conseguem analisar qual é o nível de vibração de cada equipamento.

A análise de vibrações também pode ser feita a partir da ultrassonografia, que nos fornece dados sobre o alinhamento e desalinhamento entre acoplamentos.

Assim, é possível prevenir as peças das suas máquinas contra possíveis desgastes e atritos, ao analisar se o nível de vibração está acima do que é permitido.

Além disso, esses sensores auxiliam e otimizam a produtividade e a eficiência dos equipamentos, visto que será eles notificam problemas como:

  • Falta de lubrificação;
  • Acoplamentos desalinhados;
  • Rolamentos e engrenagens em deterioração e desgastes;
  • Folga nas buchas;
  • Superaquecimento;
  • Etc.

Análise do estado das superfícies

A análise das superfícies permite com que seja possível detectar e analisar quais peças do equipamento estão desgastadas e em constantes atritos.

A partir desta análise é possível atuar preventivamente contra a deterioração de rolamentos, engrenagens, mancais, etc.

Análise Estrutural

A análise estrutural busca detectar fissuras, trincas e possíveis problemas relacionados às peças das máquinas.

Todas as informações são coletadas a partir de técnicas e aparelhos, como:

  • Interferometria;
  • Radiografia
  • Ultrassonografia;
  • Etc.

Ferrografia

A Ferrografia é a análise do nível de lubrificante que tem como objetivo detectar níveis de desgastes entre as peças.

Portanto, para maior entendimento, pense que o lubrificante para as máquinas é como o sangue para as pessoas. Ou seja, ele é vital para que tudo ocorra bem e a sua análise permite com que os gestores saibam e entendam o que realmente está acontecendo no interior da máquina.

Endoscopia

Outra técnica interessante que pode ser aplicada nas máquinas. A endoscopia é muito útil em máquinas que necessitam ser construídas de maneiras específicas.

Termografia

Outra técnica muito utilizada em indústrias que utilizam a manutenção preditiva.

Ela fornece informações à respeito de:

É importante compreender que todas as técnicas se relacionam e conversam entre si, pois o objetivo de manutenção preditiva é gerar melhores resultados produtivos para a indústria.

Aplicando com eficiência a manutenção preditiva

É muito importante implementar de forma planejada e estruturada a manutenção preditiva. A intenção é fazer acompanhamentos contínuos da operação, portanto, ter maior controle sobre esses procedimentos é fundamental para que os resultados obtidos sejam os esperados.

Diante disso, veja abaixo três formas para aplicar esta manutenção de forma eficiente em sua indústria:

1. Saiba quais são as necessidades da sua empresa/indústria

Toda operação terá equipamentos que são mais importantes do que outros para o processo como um todo. Portanto, recomenda-se que você mapeie os elementos que mais precisam de um acompanhamento com a manutenção preditiva. Assim, você terá um impacto maior em seus resultados.

2. Contrate equipes que sejam especialistas em manutenção preditiva

Contar com profissionais altamente capacitados é importantíssimo para o funcionamento deste processo. Portanto, é importante que eles tenham conhecimentos necessários para a execução do processo.

É simples! Quanto maior for a sua preocupação em relação à qualidade dos profissionais, melhores serão os seus resultados.

3. Utilize a tecnologia ao seu favor

Hoje em dia com a automação nas indústrias, a tecnologia virou um elemento chave para o sucesso dos resultados produtivos e operacionais das companhias.

Portanto, é possível monitorar remotamente as máquinas, ter um maior controle dos processos a partir de um software de gestão de manutenção e automatizar diversas tarefas.

Qual a relação entre sustentabilidade e manutenção preditiva?

A manutenção preditiva consegue ótima eficiência energética pois todo o consumo de energia fica dentro dos padrões operacionais da empresa, isso gera produtos mais qualificados e com menores custos.

E aí? O que você está esperando?!

Contrate agora mesmo o serviço de manutenção preditiva para a sua indústria!

Deixe um comentário